Menu Fechar

Caso Vince McMahon: carta condenatória revelada por Janel Grant

Vince McMahon accuser 'coerced' into writing 2021 love letter, per lawyer

Um escândalo está atualmente abalando o mundo do wrestling, após a publicação pelo New York Post de um artigo contendo um longo e-mail escrito por Janel Grant contra Vince McMahon, contra quem Grant moveu uma ação por agressão sexual e tráfico.

Acusações graves

A advogada de Grant, Ann Callis, respondeu à divulgação da carta dizendo que McMahon instruiu Grant a escrevê-la, a qual foi obtida do computador do cliente como parte da investigação da WWE sobre as acusações contra o ex-presidente da WWE.

É realmente terrível que Vince tenha procurado defender suas ações horríveis tão tarde, destacando cartas que ele mesmo pressionou Grant a escrever.

Revelações chocantes

A tortura psicológica de Grant por McMahon continua, típica de predadores abusivos que respondem às mulheres que falam com ameaças crescentes. Embora Janel esteja acostumado com suas táticas de intimidação, esse novo passo é um marco ainda menor para ele.

Callis também destacou que a carta incluía passagens plagiadas, citando uma frase tirada literalmente do filme “O Bispo do Império”, de 1947:

“Sinto-me compreendido, aceito, amado e apreciado por quem sou no fundo. Você vê meu coração. Você vê minha alma. Poucas pessoas conhecem o segredo de fazer um paraíso aqui na terra. Você é uma daquelas pessoas raras.

Defesa de McMahon

A advogada de McMahon, Jessica Taub Rosenberg de Kasowitz Benson Torres, afirma que o e-mail foi escrito voluntariamente por Grant, observando que era o “rascunho 24” da correspondência.

Fonte: www.wrestleview.com